Shipay e Banco Original oferecem automação para facilitar o uso do Pix no varejo

Artigo produzido pela, nossa associada, Shipay em 2 de Junho.

Empresas reuniram expertise em tecnologia e Bank as a Service para que varejistas possam integrar o Pix aos PDVs das lojas sem complicação.

Desde que começou a ser divulgado no mercado, o Pix veio com a ideia de ser uma ferramenta fluida, fácil e barata para fazer transações financeiras. O investimento intenso do Banco Central no desenvolvimento da plataforma e também em sua divulgação parecem ter funcionado muito bem entre pessoas físicas, que estão aderindo ao Pix com uma velocidade impressionante. Em seu primeiro mês de funcionamento, a ferramenta já respondia por 36% das transações financeiras do sistema bancário. O balanço mais recente do Banco Central mostra que em 2021 foram feitas 286 milhões de transações via Pix, um volume cinco vezes maior do que a quantidade de TEDs feitas no mesmo período. Com tanta popularidade, já é hora do varejo ter uma forma prática e simples de oferecer o Pix como forma de pagamento em seus PDVs.

Para auxiliar pequenos, médios e grandes varejistas a estarem preparados para acompanhar essa revolução nos meios de pagamentos, a Shipay lança uma parceria totalmente inovadora e disruptiva com o Banco Original para simplificar a vida do varejista na hora de receber pagamentos por Pix. O objetivo é possibilitar que varejistas recebam esses pagamentos de uma forma simples, rápida, segura e prática, preservando o relacionamento bancário do varejista com a instituição que ele preferir. Em outras palavras, deixar o Pix tão prático para o varejo quanto ele já é para pessoas físicas.

Com a solução, os varejistas poderão gerar QR Codes dinâmicos para cada compra, basta os clientes apontarem o celular para a tela que a transação estará concluída. O objetivo é acelerar a adesão à plataforma de pagamentos instantâneos do Banco Central e aumentar as vendas com transações mais ágeis.

Entendendo as dificuldades do varejista

Por mais que historicamente a adoção de inovações aconteça de um modo mais acelerado entre pessoas físicas em relação a empresas, sabemos que também pairam dúvidas e existem alguns receios por parte dos varejistas, e entendemos tudo isso como um processo natural. As dúvidas mais comuns são sobre como implantar a tecnologia no caixa, os benefícios para o varejista e para o consumidor e como receber o Pix de forma segura.

Além disso, o varejista tem dificuldades em escolher o banco parceiro (PSP), conseguir as chaves e acompanhar a evolução do produto para que fique totalmente integrado ao PDV. Sem muita clareza sobre todos esses pontos, não é de se estranhar que o varejo ainda esteja tímido quanto à adoção do Pix. Pois bem, nós estamos aqui para trazer respostas. Com essa parceria, o varejista recebe pagamentos via Pix, tem toda a integração feita de modo muito fácil e os valores são depositados no banco que ele quiser. Ou seja, ele moderniza a operação e não precisa alterar nada no relacionamento bancário que já possui.

Como funciona essa parceria?

Basicamente a Shipay atua como a integradora para que o PDV das lojas esteja preparado para receber os pagamentos por Pix. Com a solução, a opção de pagamento fica integrada ao PDV, com confirmação de pagamento na tela. O Banco Original, por sua vez, atua com sua frente de Bank as a Service e garante que todos os pagamentos via Pix sejam direcionados para a conta bancária que o varejista escolher. O processo de cadastro para habilitar a solução também é muito prático, sem necessidade de envio de documentos.

Dessa forma, o varejista não precisa ficar acessando o internet banking a cada compra para checar se os pagamentos foram realizados. Isso seria pouco seguro para uma operação comercial e dificultaria também a conciliação de caixa. 

“É um serviço totalmente disruptivo e vemos o quanto isso vai acelerar o Pix no varejo, simplificar a vida do pequeno empresário. Estamos vendo várias reportagens mostrando que o varejo não entendeu como implantar, que tem dúvidas. Nossa solução une a expertise da Shipay em tecnologia e a expertise do Banco Original em Bank as a Service. Juntamos forças para dar ao mercado algo simples e fácil de aplicar”, comenta Luiz Coimbra, Co-Ceo da Shipay.

Isso significa que o varejista não terá trabalho algum para implantar a tecnologia em seu PDV, nem precisará mudar as relações que já têm estabelecidas com seus bancos. Sabemos que em muitos casos o varejista já tem uma boa relação com seu gerente, está satisfeito com o atendimento e quer manter as coisas como elas estão. Este é um dos principais diferenciais da solução oferecida, porque traz a automação sem a necessidade do varejista mexer em sua operação.

Solidez e credibilidade para o varejo

O superintendente executivo Head de BaaS (Bank as a Service) do Banco Original, Carlos Rudnei, acrescenta que a parceria explora o diferencial das duas empresas: a solidez e o conhecimento de Pix do Banco Original e a expertise da Shipay em soluções de meios de pagamento.

Uma das principais preocupações da Shipay ao buscar uma parceria dessa natureza, foi trazer para perto uma instituição que pudesse dar total segurança ao nosso cliente final. Neste sentido, o Banco Original é uma das principais referências em Bank as a Service. Ou seja, além dos serviços tradicionais de banco que oferece aos seus clientes (pessoas física e jurídica), a instituição também tem uma ampla frente de prestação de serviços para outros bancos e também fintechs. Buscamos uma instituição com know-how altamente qualificado para a prestação do serviço e também avançada em discussões como o Open Banking, que será a próxima etapa do Banco Central em termos de inovação.

“Nossa solução está preparada para toda a evolução do mercado, completamente alinhada com a agenda do Banco Central e pronta para atender as necessidades da autoridade monetária”, comenta Coimbra.

Além disso, tendo em vista a adesão acelerada ao Pix em transações de pessoa física, ofertar a possibilidade de o cliente pagar com essa plataforma certamente é um forte diferencial competitivo dos varejistas diante da concorrência. A solução será ainda mais relevante para o segundo momento do Pix, tendo em vista que o Banco Central já se prepara para lançar novas funções da plataforma, como parcelamento de compras. Com essa funcionalidade, o potencial do Pix no varejo cresce ainda mais, tendo em vista o hábito dos brasileiros de preferirem o pagamento parcelado.

Quanto mais cedo sua operação estiver integrada, melhor a experiência que você poderá oferecer ao seu cliente final. Para ter a solução em sua loja, o processo é rápido e sem burocracia. Clique aqui para fazer a sua integração e modernizar o seu PDV.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

AFRAC

Esteja à frente sempre!
Seja o primeiro a saber das novidades do segmento e mantenha o seu negócio inovador e rentável. Associe-se!



Endereço

R. Prof. Aprígio Gonzaga, 35
Conjunto 64
São Judas, São Paulo - SP, 04303-000



Contatos

 Telefone: +55 11 3284-7080